[Dicas] Maratona literária de volta às aulas



Sabe quando você passa muito tempo em casa e depois volta para sua rotina normal sem vontade nenhuma de ler? Essa maratona exite justamente para combater isso! 11 meninas do Booktube decidiram se juntar e organizar uma maratona para que a gente não desanime nesse famoso mês que dura uma eternidade, Agosto.

Para isso, elas criaram 11 desafios que você pode ou não cumprir. Não precisa escolher necessariamente 11 livros para o desafio, mas a ideia é que você leia o máximo possível. A ideia é não postar os desafios escritos, e sim linkar para os canais das meninas para que você possa ver os vídeos referentes aos desafios. 11 canais, 11 vídeos - você pode conferir o primeiro vídeo aqui. A maratona começou ontem e vai até dia 13,

Essa é a primeira vez que participo de uma maratona literária e eu sei que deveria começar com mais calma mas... eu escolhi 8 livros, não aguentei hahahaha

Aqui estão minhas escolhas:

Desafio 1 e Desafio 2: Quando a noite cai - Carina Rissi
Desafio 3 e Desafio 6: O Velho e o Mar - Ernest Hemingway
Desafio 4: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom - Sophie Kinsella
Desafio 5: O Vampiro Rei - André Vianco
Desafio 7: A Lista Negra - Jennifer Brown
Desafio 8 e Desafio 11: Doctor Who - 12 autores, 12 histórias
Desafio 9: Diga sim ao marquês - Tessa Dare
Desafio 10: A Rebelde do Deserto - Alwyn Hamilton

Obviamente eu sei que não conseguirei ler 9 livros em menos de quinze dias não custa nada sonhar maaas eu espero dar uma adiantada nas leituras. Escolhi livros bem fáceis, então, quem sabe até o final do mês termino todos. Conforme vou terminando as leituras eu trago resenhas aqui para o blog ♥

E vocês, vão participar também? Quais livros escolheram? Me contem nos comentários ♥

[Resenha] O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Bronte



Título: O Morro dos Ventos Uivantes

Autor: Emily Brontë

Editora: Lua de Papel

Páginas: 292

Ano de Publicação: 1947

Adicione: Skoob e Goodreads

Adquira: Saraiva  Amazon  Submarino


O Morro dos Ventos Uivantes (1847), obra-prima da inglesa Emily Brontë, é um dos grandes clássicos da literatura mundial. Adaptado para o cinema inúmeras vezes, a história do amor intenso e turbulento entre Cathy e Heathcliff continua a arrebatar os leitores década após década. A narrativa se desenvolve na região inóspita onde se encontra a mansão que dá nome à obra, e possui traços góticos que aproximarão o leitor moderno. Cathy e Heathcliff desenvolvem, logo que se conhecem, uma afinidade que ultrapassa as convenções sociais, as diferenças de gênero e até a morte.

[Listas] Meus livros góticos favoritos




Sabe aqueles livros que se passam em um cenário medieval, com castelos, ruínas, florestas, seres sobrenaturais e tudo mais? Bem, esses são os chamados livros góticos. Esse estilo de livro surgiu na Inglaterra, bem no comecinho do século XVIII e, desde então, vem se reinventando e inspirando diversos clássicos.
Eu conheci a literatura gótica antes mesmo de saber que este era o seu nome e hoje é um dos meus estilos favoritos. Por isso, trouxe essa lista de quais são os livros góticos que mais gosto ♥

[Resenha]: Reconstruindo Amelia – Kimberly McCreight





Título: Reconstruindo Amelia

Autor: Kimberly McCreight

Editora: Arqueiro

Páginas: 352

Ano de Publicação: 2014

Adicione: Skoob e Goodreads

Adquira: Saraiva  Amazon  Submarino

Kate Baron, uma bem-sucedida advo­gada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição?
Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas.
Amelia está morta.

[Dicas] Amigos da Editora Selo Jovem


Esse post traz uma dica bem legal para quem deseja ter contato com uma editora. A editora é a Selo Jovem, que abriu inscrições para todos os blogueiros que querem ser "amigos" da editora. Para participar acesse esse link, lá você encontrará todas as informações. A parte mais legal é que qualquer blog pode participar desse projeto. Espero que interesse vocês. 😊


[Listas] Dia do amigo: 5 livros sobre amizade


Hoje é dia 20 de julho, também conhecido como o Dia do Amigo (confesso que eu não sabia, minha mãe que me falou hahaha) e, pensando nisso, decidi trazer uma lista dos livros que eu mais gosto que trazem a amizade como um dos temas principais. Vamos lá:


#1: A Amiga Genial - Elena Ferrante


Resultado de imagem para a amiga genialEsse é meu livro favorito da vida, quero trazer resenha para o blog logo, logo. "A Amiga Genial" é o primeiro livro da Série Napolitana e conta a história da amizade entre duas garotas italianas, Rafaella Cerullo e Helena Grecco. O livro aborda desde a infancia até a vida adulta dessas duas meninas, que cresceram em um bairro pobre da Itália, tendo que encarar a dura face da realidade muito cedo. A história é um emaranhado de emoções, gosto de descrever como "a sequência de tapas na cara mais delicados que eu já levei". Este livro consegue ser lindo e ao mesmo tempo brutal, a única coisa que eu posso dizer para vocês é: leiam. Vocês não vão se arrepender.








[Resenha] Outros jeitos de usar a boca – Rupi Kaur



Imagem relacionadaTítulo: Outros jeitos de usar a boca

Autor: Rupi Kaur

Editora: Planeta

Páginas: 208

Ano de Publicação: 2017

Adicione: Skoob e Goodreads

Adquira: Saraiva  Amazon  Submarino

'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.